sábado, 18 de novembro de 2006

O Mundo Iluminado de Stéphanie

 
O motivo de minha ausência aqui nesse meu espaço se deveu mais a problemas tecnológicos e trâmites burocráticos dessa nossa vida algumas vezes atribulada. Mas aqui estou de volta, buscando nao deixar esse meu lugar único entregue à própria sorte. Já bastam as nossas vidas, que parecem que andam alheias à nós mesmos, largadas como barcos no meio de um oceano, ao sabor dos ventos. Eu sempre tive a certeza do poder das palavras nas pessoas, mostrando a elas verdades que o mundo quase nunca nos mostra de forma clara.

Hoje recebi um email de uma grande amiga minha, especial por sua posição privilegiada na história de vida deste humilde poeta das palavras. Ela lutou pelas minhas poesias, meus versos, buscou mostrar a todos quem conhecia todo o vigor e riqueza de tudo o que escrevo de peito aberto. E assim como minhas palavras redescobertas por ela recentemente a tocaram profundamente de uma maneira que ela própria jurava desconhecer, suas palavras em seu email atiçaram chamas meio adormecidas dentro de mim. A poesia pulsa dentro de mim, vibra constantemente, a cada momento, em cada palavra, cada situação, cada olhar, cada sorriso, cada abraço, cada vivência intensa da qual participo ou me entrego sem medo. Amizades, amores, amigos, amigas, pessoas importantes que me marcam de uma forma especial e fabulosamente mágica.

Stéphanie, tefinha, ou simplesmente stef. Sua forma de enxergar poeticamente o mundo me encanta, ainda mais quando você consegue redescobrir formas, cores e nuances em coisas que outros diriam já estar ultrapassadas, antigas ou datadas. Eu sei que a poesia é atemporal, é única, é fôlego diante de nossa falta de oxigênio nesse mundo de pernas para o ar. Mas o fantástico poder que emana de você é poder desarticular uma pessoa com palavras tão sinceras e cristalinas. Flores em suas mãos, sempre terão o cheiro da primavera, não importa se elas tenham sidos colhidas no ano passado. Cartas antigas, aos seus olhos, sempre terão novidades a acrescentar em sua vida, mesmo que elas tenham sido escritas há alguns outonos atrás. Porque você consegue enxergar a essência, você consegue sentir a vibração da vida ainda viva em tudo, até mesmo em versos escritos num papel amarelado pelo tempo. E eu sei, suas lágrimas irão molhar o papel e você terá a sensação de felicidade invadindo você por conta dessa descoberta.

A sua imaturidade? Agora ela está hermeticamente presa no passado, e você alcança sempre outros níveis pessoais fabulosos. Tenha certeza de que seu sorriso não é mais vazio, seu choro não é mais em vão, e sua vida não está mais sem rumo. Pois você está encontrando os caminhos primorosos que fazem da gente pessoas especiais e que trazem dentro do coração tudo o que existe de mais puro, belo e encantador. O prazer de poder dizer que o mais importante da vida é saber vivê-la, entre nossos erros e acertos. E eu tenho o imenso prazer em poder dizer que, apesar de distanciados nos últimos tempos, ainda somos incríveis, fantásticos e poderosos em nossa amizade sempre eterna.

Stef, tem uma música que nesse momento dedico a você, e estou ouvindo ela nesse momento. Espero que você possa ouvi-la também agora, enquanto estiver lendo esse meu texto. A música se chama Shine On, do novo álbum da banda JET, que também se chama Shine On. É a faixa 8. Escute e preste atenção em sua letra. Com certeza, ela iluminará mais as minhas palavras para você.

Shine On - JET
do álbum Shine On, lançado em outubro 2006

[...]
And if the moon had to runaway

And all the stars didn’t wanna play
Don’t waste the sun on a rainy day
The wind will soon blow it all away

So many times I’d tried
To be much more than who I am
And if I let you down I will follow you ‘round until you understand

That if the moon had to runaway
And all the stars didn’t wanna play
Don’t waste the sun on a rainy day
The wind will soon blow it all away

When the days all seem the same
Don’t feet the cold or wind or rain
Everything will be okay
We will meet again one day
I will shine on, for everyone

[...]
 
© 2013 Contaminação de Ideias. Todos os direitos reservados do autor. É proibida a cópia ou reprodução sem os direitos autoriais do autor Ulisses Goés. Powered By Blogger. Design by Main