quarta-feira, 20 de julho de 2005

O Mundo de Shopia

 
Remexendo meus textos ontem à noite, descobri que o poema que publiquei aqui em meu último post, na realidade, faz parte do material para do meu 2º livro, À Sombra de Um Eclipse, e o título dele é O Mundo de Shopia. Esse foi um dos livros que eu li e que realmente marcou essa minha época, tão conturbada e marcadas por experiências amorosas desastrosas e que quase acabou com vidas tão promissoras e cheias de futuros e sonhos. Nessa época, em minha vida, filosofia e amor andavam juntos, preenchendo meu cotidiano marcado pela descoberta de amores que me levaram às alturas de um céu tempestuoso. E olhando meus textos, descobri outra coisa realmente impressionante. O poema que encerra meu segundo livro tem o título de Meu vigésimo sexto GirasSol, e fala da busca em reencontrar a si mesmo, reencontrar os amigos, a luz do sol, e retornar a fazer tudo aquilo que eu fazia de antes da escuridão dominar minha vida. Aprendi muito com a escuridão que me envolveu certa vez em minha vida, e sei que os erros nos amadurecem.
Viver sem errar talvez seja o maior erro na vida de uma pessoa. Talvez muitas pessoas acreditem que poderiam errar menos em suas vidas, mas talvez não teriam tanta carga de experiência e sabedoria se não errassem ao invés de sempre acertarem. Uma filosofia que nos leva a crer que um mundo tão cheio de erros talvez tenha algo a se ganhar e aprender no final.
 
© 2013 Contaminação de Ideias. Todos os direitos reservados do autor. É proibida a cópia ou reprodução sem os direitos autoriais do autor Ulisses Goés. Powered By Blogger. Design by Main